domingo, março 22, 2009

Observar é SER e SENTIR...


Quando nos abrimos ao que nos rodeia, observamos sem emitir juízos de valor tudo o que vemos... e o mundo explode numa sinfonia de cores, sons, texturas e perfumes...
E a vida é mais intensa e muito mais reveladora de Beleza...
Inesperadamente tudo se transmuta!


Um pássaro corta o ar sobre as nossas cabeças e é um véu que se rasga, revelando mais vida e maior Beleza... A Terra pulsa e sentimos o coração bater ao mesmo ritmo...
A brisa do mar traz-nos segredos antigos e intimações de eternidade...
E a Saudade de casa transforma-se num doce sentimento de nostalgia...


Folhas, árvores, muros, têm uma circulação sanguínea que só o Poeta sente pulsar em si mesmo... Miríades de pós estelares espalhados pelo mundo nos recordam o SER...


ISABEL
Lisboa 22 de Março de 2009
(Fotos de Isabel)

22 Comments:

At domingo, 22 de março de 2009 às 15:24:00 WET, Blogger gaivotadourada22 said...

Querida Amiga Poetisa...

Palavras divinas que são "Um Rasgar de Véu..."Um Toque de Acordar, na Lembrança...", "Um Abraçar em Concordância, no Tudo que Se É..."! foi um presente ter passado por aqui...Obrigada! Um abraço fraterno!

 
At domingo, 22 de março de 2009 às 15:44:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Querida Terezinha Gaivota,

Muito obrigada querida Mana do outro lado do Atlântico! Seja sempre bem vinda a sobrevoar estes Céus que lhe são Lar.

Isabel

 
At domingo, 22 de março de 2009 às 23:43:00 WET, Blogger entremares said...

Quando se vê... sem questionar... as coisas ficam diferentes. Talvez por não terem de responder por um nome.

Afinal de contas, as coisas não têm nome, pois não ? Fomos nós que as baptizámos...

 
At segunda-feira, 23 de março de 2009 às 16:42:00 WET, Blogger Chica said...

Tudo aqui dito é perfeito, falado com o coração...Lindo! um abraço,chica

 
At terça-feira, 24 de março de 2009 às 01:51:00 WET, Blogger Licas said...

Queridos Amigos
O mal do Mundo está precisamente naquilo que muitos vêem sem observar.
Depois ... Criticamos e emitemos juízos de valor, mas de algo distorcido e sem sentido.

Todos nós, sofremos um pouco deste mal, porque passamos no mundo a correr e com os olhos semi cerrados à verdade das coisas e das pessoas.
Gostei deste post.
Obrigada
Licas

 
At terça-feira, 24 de março de 2009 às 11:32:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Caro(a) Amigo(a) Entremares,

Muito obrigado pela sua visita.

As palavras e os conceitos não são as coisas em si, mas apenas a ideia de que temos deles.

Um grande abraço

José António

 
At terça-feira, 24 de março de 2009 às 11:35:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Chica,

Ainda bem que gosta do que vê e lê, querida amiga.

Um grande abraço

José António

 
At terça-feira, 24 de março de 2009 às 11:38:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Licas,

Muito obrigado por ter passado cá por esta casa que é nossa e de quem nos visita.

Um grande abraço

José António

 
At quarta-feira, 25 de março de 2009 às 18:22:00 WET, Blogger Fa menor said...

Tudo o que existe ao nosso redor foi feito para nós. para que nos sintamos "em casa". Inspiremos, por iso, a beleza que nos rodeia, e sintamo-nos leves...

Beijinhos

 
At quarta-feira, 25 de março de 2009 às 18:39:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Querida Fa menor,

Muito obrigado pela sua visita.
É ASSIM MESMO COMO DIZ.

Um abraço

José António

 
At quinta-feira, 26 de março de 2009 às 22:22:00 WET, Blogger VIDA said...

.. A Terra pulsa e sentimos o coração bater ao mesmo ritmo...

Quando assim é tornamos nos UM com o todo.

Um abraço

Paz

 
At sexta-feira, 27 de março de 2009 às 12:04:00 WET, Blogger Liliana said...

Olá,


quando assim é,
observar é
absorver...


Um abraço

 
At sexta-feira, 27 de março de 2009 às 15:19:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Querido Amigo Alan,

Seus comentários são-nos preciosos.

Volte sempre e nós também iremos atrás do seu percurso.

Um abraço

José António

 
At sexta-feira, 27 de março de 2009 às 15:20:00 WET, Blogger Isabel José António said...

Querida Mana Liliana,

As suas visitas são um grande estímulo para nos transcendermos.

Um grande abraço

José António

 
At segunda-feira, 30 de março de 2009 às 16:20:00 WEST, Blogger gaivotadourada22 said...

Caro Jose António, Irmão na Fraternidade do coração... volto aqui para agradecer o maravilhoso Poema que deixaste no Gaivota 22, e dizer a você e Isabel, que voces são luzes a iluminar caminhos...e que nada se manifesta por acaso mesmo! Obrigada de coração! Abraços!

 
At segunda-feira, 30 de março de 2009 às 23:07:00 WEST, Blogger susaninha said...

Se observarmos bem o que nos rodeia, temos tanto para descubrir
A vida é mais intensa e muito mais reveladora de beleza...

Que um anjo te ilumine

Beijos

 
At terça-feira, 31 de março de 2009 às 00:09:00 WEST, Blogger Isabel said...

Sentir , fazer-se parte deste universo de pura energia!
Adorei o texto.
Conheci seu Blog através da Chica.
Abraços!

 
At terça-feira, 31 de março de 2009 às 16:35:00 WEST, Blogger Isabel José António said...

Querida Terezinha Gaivota de Voo,

Quanta bondade a sua em tão carinhoso cpmentário.

Um abraço

José António

 
At terça-feira, 31 de março de 2009 às 16:36:00 WEST, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Susaninha,

Muito obrigado pela sua gentil visita.

Um grande abraço

José António

 
At terça-feira, 31 de março de 2009 às 16:48:00 WEST, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Isabel,

Se é amiga da Chica, nossa amiga é. Seja benvinda,

Um grande abraço

José António

 
At sábado, 4 de abril de 2009 às 22:31:00 WEST, Blogger Desambientado said...

É preciso saber olhar, para que daí derive o sentir. Muito bom este post.
Parabéns.

 
At domingo, 5 de abril de 2009 às 19:11:00 WEST, Blogger Isabel José António said...

Querido Amigo Desambientado,

Muito obrigada pela simpática observação!

Um abraço,

Isabel

 

Enviar um comentário

<< Home